Bar Pró Copão - Juiz de Fora

Juiz de Fora | MG Home Bar Pró-Copão JF Sabor e Outros Festivais
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
JF Sabor e Outros Festivais

 

           Juiz de Fora conta com a primeira regional da Abrasel – Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, fora das capitais, que vem desempenhando um trabalho espetacular com os bares e restaurantes locais e da região. Entre várias ações temos o Festival JF Sabor, que neste já vamos para 9ª edição. Assim vamos divulgando a gastronomia mineira e ao mesmo tempo desenvolvendo o turismo local, trazendo divisas para o comércio e a cidade em geral.

 

 

           O tão esperado Festival JF Sabor conta com a participação de mais de 50 bares e restaurantes locais e durante o mesmo são vendidos cerca de 12 mil pratos nos restaurantes participantes, o que circula pelos restaurantes mais de 30 mil pessoas, mostrando ser um grande sucesso para a cidade. Infelizmente isto não tem ocorrido em outras cidades do Brasil, quando seus festivais gastronômicos não passaram da 3ª edição. Ponto para Juiz de Fora!

 

Em tempo: Todos os pratos lançados nos Festivais Gastronômicos passaram a fazer parte do nosso cardápio. Aqui relacionados:

 

Escondidinho Mineiro – Este prato foi criado para o 1º JF Sabor em 2001, com o recheio de cubos de carne seca envolvidos em molho especial, recobertos com purê de batatas, coroado com 4 queijos, fatias de bacon e levado ao forno para gratinar... O sucesso foi tamanho que diversificamos os recheios dos escondidinhos para mais 8 opções além do de carne seca. São eles: Maça de peito, peito de frango, língua de boi, lombo de porco, filé mignon, camarão, bacalhau e carne de sol. E para incrementar o que já era gostoso, recentemente aprimoramos o purê de batatas por batatas raladas tipo suíça, intercalada com uma farta camada de catupiry. Por cima, mantivemos os 4 queijos, as fatias de bacon e o gratinado. Uma verdadeira tentação!!!

 

Jabá de Jagunço – Este foi o prato mais vendido no 2º JF Sabor, em 2002 e é o grande favorito até hoje, não só pelo sabor, mas também pelo visual como se apresenta. Ele é preparado com molho de lombo, linguiças finas, bacon e ervas finas, repousado sobre camadas de polenta cremosa e queijos derretidos e é recoberto com costelinhas, lingüiças e torresmos à pururuca. Um espetáculo!!!

 

Galo de Espora – No 3º JF Sabor, em 2003, apresentamos saborosas contra-coxas desossadas ao molho caipira sobre camadas de polentas cremosas, iscas de bacon, queijos derretidos e 4 contra-coxas pururucadas coroam esta gostosura.

 

Boi de Jaleco – Um suculento molho especial com champignon e alcaparras (opcional) envolvem pedaços de maça de peito cozidos. Aromatizada com ervas finas, esta delicia é servida dentro do pão italiano crocante sem miolo e enfeitado com cheiro verde. Esta foi a opção que servimos no 4º JF Sabor em 2004. Um show!!!

 

Mulato Matuto – Para o 5º JF Sabor em 2005 pensamos em servir um prato para aquelas pessoas que adoram um combinado de feijão com carnes. Assim, envolvemos o feijão de corda com linguiças finas e carne seca. Iscas de bacon, vinagrete e cuscuz de milharina agregam sabores. Ovinhos de codorna, mandioquitas, linguiças e torresmos à pururuca completam o lindo visual. Uma delícia!!!

 

Brega e Chique – Fatias de picanha grelhadas e regadas com molho especial de cerveja caracu são repousadas sobre camadas de polenta cremosa e queijos derretidos. Esta opção foi apresentada no 6º JF Sabor, em 2006, quando elegemos o Brega sendo a picanha e o Chique como a polenta cremosa preparada com o genuíno fubá. Um luxo só!!!

 

5º Pecado – A Gula – Preparamos para o 7º JF Sabor, em 2007, um delicioso prato à base de leitão à pururuca embriagado no vinho, encurralado por batatas noissetes, recobertas com catupiry e iscas de bacon. Um delicioso molho agridoce com abacaxi acompanha esta maravilha. O nome “A Gula” é inevitável para alguém que vai, com certeza, cometer este 5º Pecado. E que pecado!!!

 

Bumba Meu Boi – Famoso como o próprio nome que remete a festas regionais, preparamos o “Bumba Meu Boi” para ser apresentado durante o 8º JF Sabor, em 2008. um suculento filé tornedor grelhado e recheado com queijo minas padrão, tomates secos e manjericão fresco. Depois é recoberto com um molho especial à base de queijo gorgonzola e ervas finas, salpicadas com castanhas de caju trituradas. Esta delicia é acompanhada por arroz branco e batatas fritas, à moda portuguesa. Uma gostosura!!!

 

Outras datas importantes: Festival de Inverno; Festival Country; Festival Brasil Sabor; Copa do Mundo.

 

            Para cada evento gastronômico, criamos um prato inédito, que posteriormente passaram a fazer parte também do nosso cardápio.

 

Mineirinho Come Quieto – Um delicioso fondue de 5 queijos é cuidadosamente preparado, bem quentinho e servido dentro do pão italiano sem miolo. Assim entre um papo e outro, pedacinhos de pão são mergulhados neste espetacular fondue de queijos e degustados com maior prazer. Ah! O por quê do nome? É que mineiro tinha mania de esconder sua comida na gaveta da mesa antiga das fazendas quando recebia alguma visita inesperada. Neste caso, nossas mesas já não tem mais gavetas e quando não queremos repartir nosso “mineirinho”, simplesmente colocamos a tampa sobre o pão italiano recheado com fondue e assim, ninguém vai querer comer pão puro. Eta mineirisse!!!

 

Caldo de Pinto O aroma da culinária do campo invadiu a cidade quando preparamos uma deliciosa canjiquinha com iscas de bacon, lingüiças finas e lombo de porco e a servimos dentro do pão italiano, sem miolo, em porções individuais.

 

Festival de Caldos: Se comer já é bom, no inverno, parece que a fome aumenta. É como se o clima fosse propicio para reunir a família ou os amigos em torno de uma mesa bem posta, degustar um bom vinho e saborear caldos quentinhos.

 

            Neste espírito de confraternização lançamos o festival de caldos que foi um sucesso. Foram 17 sabores de puro prazer: canjiquinha, creme de ervilhas, creme de queijos com bacon, creme de cebola, creme de legumes, creme de camarão, creme de inhame com torresmo, canja de galinha, creme de feijão com macarrão e bacon, pirão de peixe, vaca atolada, mocotó com torresmo, feijão amigo, dobradinha ao molho, maca de peito ao molho, fondue de queijos e língua ao molho. Hoje somente alguns permaneceram em nosso cardápio e podem ser servidos dentro do pão italiano.

 

Quarteto Uai – A copa do mundo levou um grande numero de pessoas aos bares para assistir aos jogos e, nos intervalos, degustar um bom petisco. Pensando neste publico o Pró-Copão entrou no clima e vestiu o bar, os garçons de verde e amarelo com uniformes exclusivos. Na ocasião lançou o “Quarteto Uai” que é composto por lingüiças finas, mandioquitas, torresmos e carne seca e o enfeitou com bandeirinhas do Brasil e tiras de pimentões verde e amarelos também.

 

 Trio do Mar O festival de “Bar em Bar” lançado pela Abrasel Nacional teve o objetivo de afirmar o papel sócio-cultural dos botecos e para atrair ainda mais a clientela, criamos o delicioso Trio do Mar que é composto de filé de peixe, lulas em anéis e camarões a dorê, servidos com um apetitoso molho tártaro.

Jequitinhonha – Mais uma vez a Abrasel Nacional, em parceria com o Sebrae e o Ministério do Turismo, lança o Festival de “Brasil Sabor” envolvendo mais de 1300 casas espalhadas por mais de 170 cidades por todo o pais. Ingredientes bem mineiros foram a marca do Pró-Copão neste evento, quando foi lançado o “Jequitinhonha”, receita a base de carne de sol grelhada, cercada por mandiocas cozidas no açafrão e servida com as genuínas farinha de mandioca e manteiga de garrafa do Vale do Jequitinhonha. Este prato obteve enorme sucesso de vendas conquistando o paladar de antigos frequentados e novos clientes.

 

Atendimento